Um hino à dádiva da vida

Que os meus  cabelos vão branqueando,
pois o contar dos anos vai avançando,
mas que mesmo em cambaleio eu por cá vá andando,
não venham vós mais jovens me matando

Deus que em mim dia a dia vida me vai dando
a sua dádiva e o seu "desejo" eu vou vivendo
posso até sentir no meu dia a dia sofrer,
mas sabeis vós que o meu desejo é a minha caminhada viver

Se eu ao vosso sentir estou a sofrer,
o meu criador por mim muito antes sofreu
e eu sou apenas fruto da dádiva que ele me deu
Não me deixais vós sem o nosso Deus querer eu morrer

Eu que sou idoso e tu que mais jovem o sejas
a nossa vida sempre será uma virtude,
enquanto Deus permitir o nosso coração bater
haja em nós ou não haja saúde


Podemos não compreender
porque a dádiva da vida a muitos traz tamanho sofrer
e tantas vezes questionamos o bom Deus porque?
que haja em nós oração que Deus nos vai dando
respostas no coração

Não decidam vós entre a morte e o viver,
pois mesmo em nós ou nos nossos amados

viver ou morrer
não por direito é decisão do homem no seu viver


Eu digo não à eutanásia

											
This entry was posted in Cantinho do Zé. Bookmark the permalink.