A minha melodia do dia

Embebido no meu pensamento
passos pelo areal da praia eu dei,
o meu caminhar irregular exercitei
a minha mente de sentir regozijei 

Não desobedeci às regras de calamidade 
que este meu canto de Céu nos dias vive,
tenho muito respeito pela minha vida
e pela dos outros

Molhei o meu rosto
no aproximar das ondas que do mar
me vieram
a minha fraca robustez aclamar

Há muito que o doutor me diz
para eu fazer, fazer... estas caminhadas
e eu as faço com prazer
caio, beijo a areia da praia,levanto
e mias à frente volto a cair...

Rio de mim próprio,
dialogo comigo mesmo, e compreendo-me
na "aceitação" do que não consigo vencer
mas não me rouba a minha essência 

A minha mente extasia
e a minha robustez talvez se vá
fortalecendo um pouco
em este humilde desfrute do meu caminhar

Obrigado querido Deus
estes meus frágeis passos no areal da praia
são para mim tão salutar poesia
como o são as minhas humildes palavras
que todos os dias escrevo

E
assim vou escutando a minha melodia
até à minha partida um dia

Um abraço amigo

This entry was posted in Cantinho do Zé. Bookmark the permalink.