Viver em dias de pandemia


No som do pensamento
escuto a melodia dos dias,
no desejo ardente da vida viver
rezo a Deus para que o que rouba vida
venha rapidamente a morrer

O sol sem azáfama vai sorrindo na rua,
em confinamento janelas estão abertas,
são sentir de beijo
beijado por vida de ruas desertas


Por todo o lugar do mundo
se vive um presente de ansiedade
de tudo o que era tão normal
hoje se sente tamanha saudade


Familias isoladas em casa
sem trabalhar, sem o seu sustento colher
luta-se pela vida em todas as suas vertentes
especialmente por não se vir a morrer

Palpitares de corações amedrontados
choram no seu profundo sentir
por verem muito dos outros
e dos seus amados da vida a partir

Dizem que tudo irá ficar bem
e todos nós assim o esperamos
por todos os infectados que estão a sofrer
ao nosso querido Deus lhe rezamos


Um abraço amigo!

This entry was posted in Cantinho do Zé. Bookmark the permalink.