Sentir de Primavera

Do campo brota fragância a Primavera
Sorrisos no rosto de humildes aldeões
Em sentido desejo estávamos à tua espera
És afável espelho das quatro estações

A nossa charneca está florida
O nosso campo festeja festa com flores
O tempo mais e mais convida
À partilha de sentido afeto entre os amores

Tempo que ao homem jubila o coração
E que bonitas ficam as pétalas da rosa
Primavera tu que antecedes o Verão
Tornas ainda mais formosa a nossa Lamarosa

Sentimos em nós o teu agradável perfume
Mesmo que o peito nos doa nós mais sorrimos
A tua luz, o teu brilho ofuscam o negrume
Com mais alegria a dádiva do criador sentimos

Pela nossa charneca já se extrai a cortiça
Aldeões todo o dia de machada na mão
Em forte calor que virá, não haverá preguiça
Humildes gentes que o melhor de si à vida dão

Primavera és já quase inicio de Verão
Dai a todos de bem ao seu coração alegria
Que saúde  todos tenham e todos vivam
Para além desta tão nefasta pandemia

Um abraço amigo
José Fernandes

This entry was posted in Cantinho do Zé. Bookmark the permalink.